Dia do “Mestre” vira Dia do Nu Pedagógico em São Paulo

Cerca de 200 professores se reuniram em frente à Secretaria de Estado da Educação de São Paulo para reivindicar melhorias para a categoria.

Cerca de 200 professores se reuniram em frente à Secretaria de Estado da Educação de São Paulo para reivindicar melhorias para a categoria (Foto Reinaldo Canato/UOL).

CNTE aponta envelhecimento dos professores e desinteresse pelo magistério

(Fonte: Agência Brasil, 15/10/2009 – 10h13)

Os professores brasileiros comemoram hoje (15) o seu dia na expectativa de que a Lei do Piso Salarial Profissional, aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada em julho do ano passado pelo presidente da República, finalmente “pegue” e seja adotada por todas unidades da federação.

“O grande presente que poderia ser dado aos professores neste momento é o reconhecimento pelo Supremo Tribunal Federal da constitucionalidade da Lei 11.738 que estabeleceu o piso nacional para os docentes”, assinala Roberto Franklin Leão, presidente da CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação).

A adoção do piso e a melhoria da carreira podem reverter o envelhecimento da profissão e o desinteresse dos mais jovens pelo magistério, acredita Leão. Segundo ele, a falta de renovação já compromete a disponibilidade de professores de matemática, química, física e biologia.

“O salário é muito baixo. A perspectiva de fazer o percurso da carreira é muito obscura, sujeita a toda sorte de sobressaltos. O professor precisa saber o que lhe espera nesses 25 ou 30 anos que ele percorre durante a vida profissional”, aponta o presidente da CNTE.

Manifestantes fazem “nu pedagógico” em protesto no Dia dos Professores em SP

(Fonte: Folha Online, 15/10/2009 – 15:10)

Professores de cinco entidades representativas do Estado fazem um protesto inusitado na tarde desta quinta-feira na cidade de São Paulo. Os profissionais promoveram um “nu pedagógico” na praça da República (centro), em frente à Secretaria Estadual de Educação, mas ao invés de tirar a roupa, eles vestiram uma espécie de avental de cor bege com silhuetas desenhadas de um corpo nu.

“Tiramos a roupa metaforicamente para colocar à nu a educação praticada em São Paulo”, disse Luiz Gonzaga de Oliveira Pinto, presidente da Udemo (sindicato que inclui diretores e coordenadores de educação). A manifestação acontece na data em que é lembrado o Dia do Professores.

As entidades reivindicam, entre outras coisas, um reajuste salarial de 27,5% para os professores da rede estadual de ensino, revisão do plano de carreira da categoria, e a retirada do projeto de lei estadual número 29 que, segundo os manifestantes, congela os salários dos professores.

Participam do protesto os integrantes da Udemo (Sindicato de Especialistas de Educação do Magistério Oficial do Estado de São Paulo), da Apase (Sindicato de Supervisores do Magistério no Estado de São Paulo), da CPP (Centro do Professorado Paulista), da Afuse (Sindicato dos Funcionários e Servidores da Educação do Estado de São Paulo), e da Apampesp (Associação de Professores Aposentados do Magistério Público do Estado de São Paulo).

Para sinalizar o que chamaram de “luto da educação”, os manifestantes programam soltar cerca de 2.000 balões de cor preta ao final dos protestos, que começou por volta das 14h20.

Dia do Nu Pedagógico: professores protestam contra a política educacional do Governo José Serra na Praça da República, no Centro de São Paulo, diante da Secretaria Estadual de Educação (Foto Roney Domingos/ G1)

Dia do Nu Pedagógico: professores protestam contra a política educacional do Governo José Serra na Praça da República, no Centro de São Paulo, diante da Secretaria Estadual de Educação (Foto Roney Domingos/G1)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: