Campanha de Dilma promove avanço do obscurantismo

Primeiro foi a bobagem de transformar o assunto do aborto em assunto religioso só pra tentar parecer com pinta de “boa moça”, a defensora da liberdade religiosa: uma piada de muito mau gosto.

Depois, como já estava pegando muito mal, veio a ideia de inventar que José Serra pensava em privatizar o pré-sal e talvez a Petrobrás.

Como nunca, em momento algum, dissera José Serra tal coisa e por mais que o marketing eleitoral cegue os seus fervorosos adeptos, o resto da população não crê que a candidata Dilma Rousseff possa ler mentes, tentou-se impingir a mentira de Serra quando ministro ter promovido a privatização da C.S.N. e quando governador de São Paulo a de outras 31 empresas. Mas esta mentira tinha pernas curtas demais e o Tribunal Superior Eleitoral a pegou na sua tentativa de salto:

Agora, o obscurantismo dessa tática de fugir de um debate de ideias e propostas fundamentados na razão e no respeito ao adversário, não podia dar outra: a militância dilmista parte para a agressividade e agi fascistamente impedindo o livre ir-e-vir do candidato José Serra pelas ruas do Rio de Janeiro.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: