Ontem, sábado véspera do 1º Domingo de Advento, como em 27 de novembro de 1830…

… quando ocorreu a 2ª e mais importante aparição da Virgem Maria à jovem noviça Catarina Labouré (a anterior se deu em 18 de julho do mesmo ano), quando lhe recomenda a confecção de uma medalhinha que o povo logo a alcunhou de “Medalha Milagrosa”. Disse-lhe a Virgem:

Fazei cunhar uma medalha conforme este modelo, disse Nossa senhora. As pessoas que a trouxeram com confiança receberão muitas graças, sobretudo se a trouxeram ao pescoço.

O que então experimentei e aprendi naquele momento é impossível explicar” ( Santa Catarina Labouré)

 

"Este globo que vês representa o mundo inteiro (...) e cada pessoa em particular... Eis o símbolo das graças que derramo sobre as pessoas que mas pedem."

 

Capela das Apariçoes na "Rue du Bac" em Paris, França. À esquerda o corpo de Santa Luísa de Marillac, fundadora das "Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo", à direita o corpo de Santa Catarina Labouré.

Vigília de Oração pela Vida Nascente

O Advento é o momento da expectativa pela Vida Plena que brota no Natal e, no Rio de Janeiro, como diz o titular da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, “É preciso falar de paz“: “É preciso, mais uma vez, fazer nascer nos corações de todos os homens e mulheres de nossa querida cidade o anseio mais profundo de todos os seres humanos: Paz. É preciso que se ouça novamente na terra o grito, o forte clamor aos homens de boa vontade” (artigo completo: www.arquidiocese.org.br).

Assim, se a Vigília celebrada na Basílica de São Pedro e nas demais dioceses pelo mundo, como prelúdio ao Advento, neste sábado que precedeu o 1º domingo do Advento, assume as realidades locais, em nossa arquidiocese essas duas

Dom Orani João Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro.

horas de oração tornam-se de  intercessão pela cidade e pelo estado nesse momento tão difícil e dramático da vida de nosso povo:

“Que Deus ilumine a todos na busca da Paz para o nosso querido povo desta cidade maravilhosa, para que o seja ainda mais. Que o Senhor nos abençoe e nos guarde e faça reinar a paz em nossas fronteiras! Que a benção de Deus penetre em todos os corações, todas as casas, todas as situações e traga a paz! Temos esperança e certeza de que, em unidade, tempos novos nascerão destes momentos e confiamos que o nosso povo, que é forte, saberá continuar testemunhando a sua fé com esperança e vivendo a caridade. Que todos sejam um!”, encerra Dom Orani.

Uma resposta to “Ontem, sábado véspera do 1º Domingo de Advento, como em 27 de novembro de 1830…”

  1. Cristina Says:

    Obrigada!!!!Nossa Mãe também passou por várias provações e foi vitoriosa!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: