Adeste Fideles: noite jubilosa, é Natal! Alegre acorramos ao eterno espelendor do Pai: o Verbo se fez carne!

A autoria da letra e da música do hino Adeste Fideles é objeto de uma grande controvérsia, sendo atribuída, entre outros, a portugueses, ingleses, franceses e alemães. O nome mais divulgado é o do hinista inglês John Francis Wade, datando então a composição de 1743, sendo proposto também o ano de 1760.

Há notícia de ter sido cantada na embaixada portuguesa em Londres no ano de 1797 e mesmo antes parece ter sido apelidada de “Hino Português”, despontando também entre os seus possíveis autores D. João IV, o Restaurador (passando a data para 1640), também conhecido como o Rei-Músico,  em virtude não só de seus dotes na matéria, mas também por seu mecenato na área e empenho na aprovação pela Santa Sé do uso de múscia instrumental nas igrejas. Essa última tese foi defendida em seu  opúsculo Defesa da música moderna publicado com a primeira de seus escritos sobre  música (1649).

No caso de se aceitar a precedência do rei português na matéria, a hipótese é que Wade teria feito uma versão em inglês a partir da qual a canção se popularizou dando-lhe indevidamente os louros.

Gloria in excelsis Deo – Choir The Voice of Hope & Sofia Philharmonic Orchestra

Breve viagem por temas natalinos através da história da arte e mais uma interpretação de Adeste Fideles, agora com o Coro della Capella Sistina, Vaticano:

Adeste Fideles

Laeti triumphantes

Venite, venite in Bethlehem

Natum videte

Regem angelorum

Venite adoremus, Venite adoremus,

Venite adoremus, Dominum

Cantet nunc io

Chorus angelorum

Cantet nunc aula caelestium

Gloria, gloria

In excelsis Deo

Venite adoremus, Venite adoremus,

Venite adoremus, Dominum

Ergo qui natus

Die hodierna

Jesu, tibi sit gloria

Patris aeterni

Verbum caro factus

Venite adoremus, Venite adoremus,

Venite adoremus, Dominum

Para baixar (em pdf): publicação de Carlota Miranda pelo Instituto de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra sobre o hino contendo observações sobre o seu texto latino, tradução e comentários  sobre a possível autoria de D. João IV: 7 – Adeste Fideles in Boletim de Estudos Classicos.

Para baixar e ouvir: partituras e arranjos para Adeste Fideles.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: