Arquivo para janeiro, 2013

Para conhecer um pouco mais de Bento XVI

Posted in Bento XVI, Papado on 26/01/2013 by ehlsinore

Documentário de Javier Martinez-Brocal, “Pope Benedict XVI: A Love Affair With the Truth” (Papa Bento XVI: Um Amor pela Verdade), edição, locução e legendagem de João Carita.

A seguir “Um dia na vida na vida do Papa Bento XVI” produzido pelo Discovery Channel:

Em seis minutos uma breve biografia:

La fuerza del cristianismo

Por Vittorio Messori, analista del Corriere della Sera.

Reproducido en El Mundo, martes 19 septiembre 2006

Anúncios

Aborto legalizado = proposta reacionária = política pseudossocial contra as classes marginalizadas e contra as mulheres pobres = política a favor de uma sociedade perversa e injusta!

Posted in Direito à Vida, João Paulo II with tags , , , , , , , , , on 26/01/2013 by ehlsinore

Por que legalizar o aborto no Brasil é tão prioritário?

Políticas de controle populacional em nosso país são do maior interesse de poderes estrangeiros e o governo federal se locupleta em se associar a tais interesses! Isso está documentado como se pode ver nos vídeos.

Jérôme Lejeune

Saiba mais sobre Jérôme Lejeune clicando na imagem.

« Os defensores do aborto dizem que o feto na barriga da mãe, especialmente nas primeiras semanas de gravidez, ainda não é uma pessoa, ainda não vive. Isso é uma distorção da verdade científica.»

« É preciso dizer as coisas com clareza, mede-se a qualidade duma civilização pelo respeito que ela tem pelos seus membros mais frágeis. Não há outros critérios de julgamento. »

«Se um óvulo fecundado não é por si só um ser humano ele não poderia tornar-se um,
pois nada é acrescentado a ele. »

(JÉRÔME LEJEUNE, 1926-1994, médico e geneticista francês descobridor da causa da síndrome de Down)

“O respeito à vida é fundamento de qualquer outro direito, incluídos os da liberdade.”

(Papa João Paulo II)

http://www.brasilsemaborto.com.br/

Ativistas gays agridem jovens católicos durante manifestação pró-família em Curitiba-PR

Posted in Alteridade, Censura, Diversidade on 26/01/2013 by ehlsinore

Para ver, ler e refletir!

É preciso distinguir homossexualismo (atitude, postura) do homossexual (pessoa), condena-se o primeiro, mas não há ódio contra o segundo; assim como também é preciso distinguir os homossexuais do ativismo totalitário homossexual promovido por alguns dentre eles e repugna a qualquer pessoa de boa vontade.

Que interesses movem gente que se diz ser contra qualquer tipo de censura a censurar quem discorda de suas ideias e atitudes em uma manifestação legítima?

Para saber mais: http://padrepauloricardo.org/blog/ativistas-gays-agridem-jovens-catolicos

Manifesto pacífico contra o aborto, promovido pela Instituição Católica Plínio Corrêa de Oliveira (IPCO) em 14jan2013, terminou em tumulto após ativistas gays agredirem os manifestantes.

BULLYING EM PRAÇA PÚBLICA Manifesto pacífico contra o aborto, promovido pela Instituição Católica Plínio Corrêa de Oliveira (IPCO) em 14jan2013, terminou em tumulto após ativistas gays agredirem os manifestantes.

“A Igreja é intolerante nos princípios porque crê; porém é tolerante na prática porque ama. Os inimigos da Igreja são tolerantes nos princípios porque não crêem; porém são intolerantes na prática porque não amam”

(Pe. Reginald Garrigou-Lagrange, O.P.)

Documentos Oficiais da Igreja contra a escravidão

Posted in Alteridade, Cristandade, Cultura, Diversidade, Estado e Igreja, Etnicidade, Identidade, Inclusão Social, Papado, Pensamento Social with tags , , , , , , , , , , on 03/01/2013 by ehlsinore
Santos, negros e católicos, o cristianismo abraça a todos, rompendo as barreiras do mundo, fazendo todos nós irmãos na mesma Fé, filhos do Deus Uno e Trino!  Na terra Igreja militante, sinal da Igreja triunfante no céu!

Santos, negros e católicos, o cristianismo abraça a todos, rompendo as barreiras do mundo, fazendo todos nós irmãos na mesma Fé, filhos do Deus Uno e Trino! Na terra Igreja militante, sinal da Igreja triunfante no céu! Dica da postagem e do portal “Apologistas Católicos” de Luíza Hernandez, grato.

1 – Em 13 de Janeiro de 1435, através da bula Sicut Dudum, o papa Eugénio IV mandou RESTITUIR À LIBERDADE os cativos das ilhas Canárias.

2- Em 7 de setembro de 1462, o papa Pio II (1458-1464) deu instruções aos bispos contra os tratamentos dos negros proveniente da Etiópia condenando o comércio de escravos como magnum scelus (grande crime)

3- Em 1537, o papa Paulo III (1534-1549), através da bula Sublimus Dei (23 de Maio) e da encíclica Veritas ipsa (9 de Junho), lembrava aos cristãos que os índios “das partes ocidentais, e os do meio-dia, e DEMAIS GENTES”, eram SERES LIVRES POR NATUREZA.

4- Em 1571 Tomás de Mercado, TEÓLOGO DE SEVILHA, declarava DESUMANA E ILÍCITA A TRAFICÂNCIA DE ESCRAVOS. Em sua Summa de TRATOS Y CONTRATOS, este autor afirmava não haver justificativa para negócio tão infame.

5- O papa Gregório XIV (1590-1591) publicou a CUM SICUTI (1591) condenando a escravidão.

6- O papa Urbano VIII (1623-1644), também se pronunciou contra a escravidão na COMMISSUM NOBIS (1639).

7- O papa Bento XIV (1740-1758) na Bula IMMENSA PASTORUM escreveu: “…recebemos certas notícias não sem gravíssima tristeza de nosso ânimo paterno, depois de tantos conselhos dados pelos mesmos Romanos Pontífices, nossos Predecessores, depois de Constituições publicadas prescrevendo que aos infiéis do melhor -modo possível dever-se-ia prestar trabalho, auxílio, amparo, não descarregar injúrias, não flagelos, não ligames, NÃO ESCRAVIDÃO, não morte violenta, sob gravíssimas penas e censuras
eclesiásticas…”

8- O papa Gregório XVI (1831-1846) ao publicar a bula IN SUPREMO (1839) condenou a escravidão da seguinte forma: “Admoestamos os fiéis para que se abstenham do desumano tráfico dos negros ou de quaisquer outros homens que sejam…”

9- Em 1888, o Papa Leão XIII, na encíclica IN PLURIMIS, dirigida aos bispos do Brasil, pediu-lhes apoio ao Imperador (Dom Pedro II) e a sua filha (Princesa Isabel), na luta que estavam a travar pela abolição definitiva da escravidão.

Detalhe: Houve três papas africanos que vieram de uma região do norte da África, onde os povos eram predominantemente negros. Embora não haja nenhum retrato autêntico destes papas, há desenhos e referências na Enciclopédia Católica a respeito de serem africanos. Os nomes dos três papas africanos são Vencedor ou Victor, Gelasius , e Melquiades ou Miltiades.

Para citar:


VIANA, Marina. Documentos Oficiais da Igreja contra a escravidão. Disponível em: < http://www.apologistascatolicos.com/index.php/magisterio/documentos-eclesiasticos/decretos-e-bulas/506-documentos-oficiais-da-igreja-contra-a-escravidao>. Desde 27/03/2012

2013 recebido com grande estilo :-)!

Posted in Homenagem with tags on 03/01/2013 by ehlsinore
Chegada de 2013, vendo-se os fogos de Copacabana, o Cristo Redentor e a Árvore da Lagoa Rodrigo de Freitas

Chegada de 2013, vendo-se os fogos de Copacabana (no centro), o Cristo Redentor (canto superior à esquerda) e a Árvore de Natal da Lagoa Rodrigo de Freitas (canto inferior à direita).

Para ver mais clique em Queima de fogos na chegada do ano novo em Copacabana