Arquivo de dezembro, 2013

Novo Ano, tudo igual? E os imprevistos? Qual a chance para o novo?

Posted in Dica, espiritualidade, Senso Religioso with tags , , , , , , , , , , , , , , , on 31/12/2013 by ehlsinore

doodle-vespera-de-ano-novo

doodleau

Ontem, dia 30 de dezembro, estava no Bradesco, agência Amaral Peixoto (Niterói, RJ), sendo atendido pelo caixa, quando este se deu conta que já tinham passado das 3 horas: “puxa como o tempo voou, nem percebi”. “É porque o ano está com pressa de acabar” disse. “Foi todo muito corrido, o ano voou.” E ele retrucou: “não sei o porquê, é tudo a mesma coisa. Sempre igual, nada muda.” E lembrou animado do Fantástico da véspera. Da retrospectiva do Marcelo Adnet. Ria da própria resignação e da desesperança, recordando trechos do quadro. Afinal constatava que não estava sozinho e que ainda podia tirar um “sarro” da mesmice depressiva do país. No tudo previsível do Adnet, de um novo ano sem surpresa alguma, não se percebia as falhas de uma profecia que engessava todos os eventos num mesmo molde, mesmo quando especiais em sua singularidade.

Marcelo Adnet viaja no tempo e cria retrospectiva de 2014 (Programa “Fantástico”, Tv Globo, 29dez2013)

No entusiasmo de nosso amigo por uma cumplicidade global, queimava-se, mesmo magoada, a rebeldia teimosa do Cazuza d’O Tempo Não Para que, ainda que cansado, não se dava por derrotado, diante do tudo sempre igual. E sobrava ressoando apenas o estribilho:

Eu vejo o futuro repetir o passado
Eu vejo um museu de grandes novidades
O tempo não para
Não para, não, não para

Ora, no ofício do historiador se descobre, para além do senso comum amador, que o tempo não se resume a repetições, por mais pertinazes. Há o singular. O diverso tem o seu papel. Ocupa lugar na orquestra. A sinfonia é por ele enriquecida.

Rebelde por excelência a todos os nossos esquemas é a realidade: maior que os nossos desejos, interpretações e percepções, o real é também sede dos imprevistos. Escapa aos nossos controles. Assim, seja a nossa previsibilidade amarga de um Cazuza ou confortável como a de um hobbit, o imprevisível acaba batendo à nossa porta e, se não tivermos a disposição em escutá-lo, esvai-se a chance de uma inesperada jornada. Que 2014, que a passagem do ano e os dias do porvir, sejam oportunidade de renovação para cada um de nós. O protagonismo é uma escolha que nos cabe e a cada um de forma pessoal e intransferível.

RETROSPECTIVA 2013 (em construção)

Posted in Retrospectiva with tags , , , , , , , , , , , , , , on 29/12/2013 by ehlsinore

NELSON MANDELA

Em 05dez2013 faleceu Nelson Mandela, ícone da luta contra o regime de segregação racial da África do Sul (apartheid).

Em 05dez2013 faleceu Nelson Mandela, ícone da luta contra o regime de segregação racial da África do Sul (apartheid).

Nelson Mandela, o Mandiba, como é chamado carinhosamente por seus conterrâneos, sem desmerecer a dimensão de sua obra, não era tão isento de controvérsias como as homenagens por ocasião de sua morte parecem fazer crer. A grande questão, porém, como ponto de reflexão para todos nós que observamos e participamos dos acontecimentos históricos e somos chamados a agir em nosso cotidiano, independente do tamanho do papel na história do nosso tempo, é perceber, identificar e compreender que, a depender de circunstâncias, as quais nunca saberemos exatamente quais sejam,  a atitude pessoal, a postura e a iniciativa que um ou dois ou um punhado vier a tomar pode fazer a diferença.

Procure-se saber como estava a África do Sul quando em 1990, desde 1964 condenado à prisão perpétua, Mandela é solto como resultado de uma enorme campanha no país e mundo afora. Quando se poderia imaginar uma atitude revanchista vingando por todo o sofrimento que ele e os seus tiveram que passar, Nelson Mandela estende a mão no intuito de construir uma África do Sul unida e acolhedora de todos, brancos e negros.

O gesto encontra repercussão do outro lado, que poderia também ter feito diferente e não fez: o presidente de então da África do Sul Frederik de Klerk, branco, “carcereiro” dos últimos anos de prisão de Mandela. De Klerk e Mandela passaram a agir surpreendentemente sintonizados, encontrando resistência em suas próprias fileiras de gente que tentou agir para sabotar a iniciativa. Os dois, Mandela e de Klerk, são os ganhadores do Prêmio Nobel da Paz de 1993. Notável é o fato que o órgão responsável por fazer o relatório da violação dos direitos humanos durante o apartheid (pois dar as mãos não significava jogar a sujeira para debaixo do tapete) chamava-se “Comissão da Verdade e da Reconciliação”, pois uma não pode existir sem a outra e nenhuma delas pode ser alcançada com sectarismo. Demonstra-se aqui de modo cabal que a História não é dada, apenas condiciona e, se não sabemos efetivamente quando vamos fazer diferença, não podemos abrir mão de sermos nós mesmos e de tentar fazer a diferença.

ELECTIONS: 16MAR1994 - National Party (NP) leader F. W. de Klerk and African National Congress leader (ANC) Nelson Mandela shake hands before a pre-April 27 election live television debate watched by an estimated 5 million South Africans. (Photo by Paul Velasco / PictureNET Africa) handshake smiles happy media TV.

ELECTIONS: 16mar1994 – National Party (NP) leader F. W. de Klerk and African National Congress leader (ANC) Nelson Mandela shake hands before a pre-April 27 election live television debate watched by an estimated 5 million South Africans. (Photo by Paul Velasco / PictureNET Africa) handshake smiles happy media TV.

Veja também: Fundação Mandela e o legado do líder sulafricano

EXORTAÇÃO APOSTÓLICA EVANGELII GAUDIUM

Leia também:

Papa apresenta «guião» para o pontificado

25 ANOS DA ABERTURA DO CONCÍLIO VATICANO II

CANONIZAÇÃO DE JOÃO XXIII & JOÃO PAULO II
SOLSTÍCIO DE PROTESTOS

18jun2013: a artista visual Laura Viana chama-nos a atenção para os protestos contra o aumento das tarifas ocorrerem na épocas das festas juninas.

Enquanto no hemisfério norte junho é ocasião do solstício de verão, no sul é solstício de inverno com as típicas festividades do período: Santo Antônio, São João e São Pedro. E, de repente, somos surpreendidos com manifestações que até então vinham ocorrendo apenas acima do Equador, convocadas a partir das redes virtuais.

Charge Clayton para o Jornal O POVO, em 23/06/2013

Em 23jun2013 vazava na rede o esquema ultrassecreto da próxima ação vândala nas manifestações!

Em 23jun2013 vazava na rede o esquema ultrassecreto da próxima ação vândala nas manifestações!

Combate à Corrupção

No blog http://wp.me/sCh9g-2624 e http://wp.me/pCh9g-HM

Reforma Política e Partidária
Impostômetro: Reforma Tributária
A Quem Serve a Copa?
Desordem Urbana

Fonte das charges:

http://www.antonioalmeidanews.com/noticia-protestos-pelo-brasil-viram-charges-747.html

http://noticias.uol.com.br/album/2013/06/18/protestos-pelo-brasil-viram-charges.htm

http://www.esmaelmorais.com.br/2013/06/charge-do-dia-protestos-sem-rumo/

http://visaonorte.blogspot.com.br/2013/06/sobre-os-protestos-no-brasil.html

http://blogs.odiario.com/cafecomjornalista/tag/charge/

A CHEGADA DO PAPA FRANCISCO I

Eleição

Falava-se na ocasião do conclave de muitas e variadas opções e havia os mais cotados. Entre estes um brasileiro, D. Claudio Hummes, arcebispo de São Paulo.  O Espírito Santo sempre a brincar e a surpreender, de onde menos se esperava: jesuíta e argentino, e então se lembrou que, afinal, Deus já é brasileiro! Os critérios de Deus nunca são os do mundo. Sopra onde quer e é vezeiro em escolher os menos esperados, basta percorrer os eleitos na Bíblia. Viva o Papa Francisco I!

Cardeal Bergoglio tomando mate nas ruas de Buenos Aires

No blog http://wp.me/pCh9g-Hl
JMJ no Rio de Janeiro
Nova Encíclica
RENÚNCIA DO PAPA BENTO XVI


Bento XVI: Calendário do Pontificado

No blog http://wp.me/pCh9g-FA

REDE DE SUSTENTABILIDADE: CAMINHOS E OBSTÁCULOS

No blog http://wp.me/sCh9g-2674

CRISTIANOFOBIA: ATAQUES À PRESENÇA DO CRISTIANISMO

No blog http://wp.me/pCh9g-EM

YOANI SANCHEZ E OS DIREITOS HUMANOS

#Cuba Bravo por #Garrincha y su excelente humor! pic.twitter.com/NNIYsHKGhx

#Cuba Bravo por #Garrincha y su excelente humor! (Do twitter de Yoani)

Envolvidos em nosso cotidiano, a evocação à Cuba nos remete, no frescor de nossa memória, à vinda dos médicos cubanos ao Brasil. Mas se este episódio vem a nossa lembrança tal se dá mais por, reconhecendo a incompetência governamental no setor, ter sido apresentada a iniciativa como uma espécie de socorro ao nosso combalido sistema de saúde. A ilha mesma, suas virtudes e mazelas, as dificuldades e perseguições sofridas por quem busca fazer uso do legítimo direito de discordar das orientações dadas pelo governo de seu país, tudo isso parece bastante distante a imensa maioria de nossa população. Todavia a visita ao Brasil de uma simples blogueira dissidente do regime ditadorial dos irmãos Castro revela-nos que o que lá acontece não está assim tão distante da gente.

Ícone dos adeptos da luta armada para a promoção social, a ilha de Cuba alimenta o sonho dos utopistas que não se importam em massacrar tantas pessoas quantas sejam necessárias para implantar unilateralmente o ideal de um igualitarismo mais existente no papel e nas ideias que na realidade e que apenas tem servido para se implantarem novos privilégios, o questionar a situação vigente na ilha é algo impensável. Um tema tabu para a maioria dos grupos de extrema esquerda, incluídos os brasileiros, assim como para os simpatizantes linha de frente de um governo cuja política externa faz muito trocou a defesa pragmática da soberania nacional tão exemplarmente desenhada nas ações do Barão do Rio Branco por um companheirismo ideológico subserviente aos camaradas do exterior.

De Cuba - com carinho

Justamente por isso, a enorme e furibunda reação desses setores à visita da blogueira Yoani Sánchez. Revelou-se o pior desses segmentos que aqui, como acolá, tentaram abafar a sua voz. O ocorrido mais que desnudar o tipo de prática de que tal gente é capaz, trouxe à luz do sol uma militância intolerante que frequentemente age ao nosso lado subterraneamente para solapar a menor insinuação discordante do oficialismo governamental.  

Yoani Maria Sánchez Cordero, nascida em 04set1975, criou em 2007, trabalhando como webmaster, escritora e editora do portal Desde Cuba, o blog “Geração Y” (La Generación Y), o qual em breve adquiriu enorme repercussão, inclusive internacional, chegando a incomodar o regime castrista pela maneira como aborda o dia-a-dia na ilha: reconhecendo os avanços obtidos, mas sem jogar a sujeira pra debaixo do tapete, expondo um regime envelhecido agarrado ao poder, as dificuldades da economia, mas também o amor por seu país e a força da cultura cubana.

Após quase 5 anos sem poder sair de Cuba, em 2013 acabou por obter uma autorização de viagem para participar de debates e entrevistas, receber prêmios e outros eventos nos mais diferentes países. Entre eles o Brasil, onde programou-se o lançamento do documentário Conexão Cuba-Honduras gravado pelo cineasta brasileiro Dado Galvão, sessões de autógrafos de seu livro De Cuba – com carinho (editado no Brasil pela Contexto desde 2009), debates e seminários onde sobre o tema da Liberdade de Expressão.

No Torre Leste http://wp.me/sCh9g-2659

Contatos de YOANI SÁNCHEZ:

Yoani Sánchez no Twitter

e-mail: yoani.sanchez@desdecuba.com

Yoani Sánchez Compte (TWITTER) certifié
@yoanisanchez 

Blogger, vivo en La #Habana y cuento mi realidad en 140 caracteres Twitteo fundamentalmente por SMS. Amo a #Cuba la #literatura el #periodismo y la #tecnología

Cuba ·

Blog Generación Y:  lageneraciony.com

Blog Generación Y em português

– antigo endereço: http://www.desdecuba.com/generaciony_pt/

– novo endereço: http://generacionypt.wordpress.com/

Robertico Carcassé critica al régimen de #Cuba en vivo por la TV vía @youtube (tuítado por Yoani Sánchez):

Forum 2000 @Forum_2000 Global forum for dialogue on #freedom, #democracy and #humanrights. 17th #Forum2000 Conference, Societies in #Transition, Sep 15–17, 2013, #Prague Prague · forum2000.czYoani Sánchez con el Dalai Lama en Forum 2000
@Forum_2000
Global forum for dialogue on #freedom, #democracy and #humanrights. 17th #Forum2000 Conference, Societies in #Transition, Sep 15–17, 2013, #Prague
Prague · forum2000.cz