Archive for the Santidade Category

11fev2013 – Santo Padre Bento XVI marca data e hora para a sua renúncia: 28fev2013, 20:00h (horário de Roma).

Posted in Bento XVI, Papado, Santidade with tags , , , , , , , , , , on 11/02/2013 by ehlsinore

Bento XVI anuncia renuncia

“UM RAIO CAIU DO CÉU”, comenta D. Ângelo Sodano, decano do Colégio Cardinalício.

Durante o consistório ordinário público para votar a causa para a canonização de ANTONIO PRIMALDO & COMPANHEIROS, mártires de Otranto* (Itália),  nesta segunda feira**, surpreendendo a todos, o Papa Bento XVI anunciou:

“Caros irmãos:

Convoquei-os para este consistório, não apenas para as três causas de canonização, mas também para comunicar a vocês uma decisão de grande importância para a vida da Igreja. Após ter repetidamente examinado minha consciência perante Deus, eu tive certeza de que minhas forças, devido à avançada idade, não são mais apropriadas para o adequado exercício do ministério de Pedro. Eu estou bem consciente de que esse ministério, devido à sua natureza essencialmente espiritual, deve ser levado não apenas com com palavras e fatos, mas não menos com oração e sofrimento.

Contudo, no mundo de hoje, sujeito a mudanças tão rápidas e abalado por questões de profunda relevância para a vida da fé, para governar a barca de São Pedro e proclamar o Evangelho, é necessário tanto força da mente como do corpo, o que, nos últimos meses, se deteriorou em mim numa extensão em que eu tenho de reconhecer minha incapacidade de adequadamente cumprir o ministério a mim confiado. Por essa razão, e bem consciente da seriedade desse ato, com plena liberdade, declaro que renuncio ao ministério como Bispo de Roma, sucessor de São Pedro, confiado a mim pelos cardeais em 19 de abril de 2005, a partir de 28 de fevereiro de 2013, às 20h, a Sé de Roma, a Sé de São Pedro, vai estar vaga e um conclave para eleger o novo Sumo Pontífice terá de ser convocado por quem tem competência para isso.

Caros irmãos, agradeço sinceramente por todo o amor e trabalho com que vocês me apoiaram em meu ministério, e peço perdão por todos os meus defeitos. E agora, vamos confiar a Sagrada Igreja aos cuidados de nosso Supremo Pastor, Nosso Senhor Jesus Cristo, e implorar a sua santa mãe Maria, para que ajude os cardeiais com sua solicitude maternal, para eleger um novo Sumo Pontífice. Em relação a mim, desejo também devotamente servir a Santa Igreja de Deus no futuro, através de uma vida dedicada à oração.

Vaticano, 10 de fevereiro de 2013.

BENEDICTUS PP. XVI”

ESTA E OUTRAS RENÚNCIAS

O discurso, pronunciado em latim, foi feito entre as 11h30 e 11h40 locais (8h30 e 8h40 do horário brasileiro de verão).

A renúncia se formalizará às 20h locais de 28 de fevereiro (17h do horário brasileiro de verão), tornando a Sede Vacante, prevendo o porta-voz do Vaticano Federico Lombardi que o conclave que elegerá o sucessor do Papa ocorra o mais rapidamente possível até a Páscoa.

Quinto pontífice a renunciar foi antecedido por Gregorio XII em 1415, aos 88 anos, dois anos antes de sua morte, o qual com seu gesto pôs fim ao cisma do Ocidente (junto com ele também renunciou o antipapa João XXIII).

Também renunciaram antes: Bento IX (papa em três ocasiões, na segunda renunciou: eleito em 1032, depuseram-no em 1044; em 1045 retorna e renuncia no mesmo ano; 1047 retorna mais uma vez e é deposto definitivamente em 1048) , São Celestino V (cuja renúncia se deu em 1294 ao declarar-se, pouco mais de quatro meses após a sua eleição, inexperiente para o governo da Igreja) e, o primeiro de todos, São Ponciano (em 235, no quinto ano de seu pontificado).

O PAPADO

Cardeal Joseph Ratzinger, Prefeito da Congregação para a Doutrina e a Fé, foi  eleito successor do Papa João Paulo II em 19abr2005.

Durante o seu pontificado realizou 24 viagens apostólicas. A primeira para Colônia, na Alemanha, por ocasião da XXª Jornada Mundial da Juventude (ago’2005).  A mais recente para o Líbano (set’2012).

Na Itália foram 30 visitas apostólicas.

Encíclicas: “Deus Caritas Est” (25dez2005), “Spe Salvi” (02nov2007), “Caritas in Veritate” (29june2009).

em honra aos martires de otranto

Catedral dos Crânios em Otranto: visão parcial, atrás do altar, dos ossos dos mártires decapitados pelos otomanos por se recusarem a abjurar a fé.

Vide também: Para conhecer um pouco mais de Bento XVI

e

Dos millones y medio de personas leen los “tweets” del Papa en ocho idiomas

OS SANTOS DO CONSISTÓRIO

* Para saber quem são os 800 mártires de Otranto, conheça a sua história: http://www.zenit.org/pt/articles/os-800-martires-de-otrantohttp://www.salveweb.it/pirati_assedio_otranto.htm (c/ excelente reflexão do importante historiador Franco Cardini).

** Além da causa de Antonio Primaldo e seus companheiros, foram votadas mais duas causas, de duas fundadoras de institutos religiosos: MARIA GUADALUPE García Zavala (1878-1963), mexicana,  co-fundadora da Congregação das Servas de Santa Margarida Maria e dos PobresLAURA DE SANTA CATARINA DE SENA Montoya e Upegui (1874-1949), virgem, colombiana, fundadora da Congregação das Irmãs Missionárias da Beata Virgem Maria Imaculada e de Santa Catarina de Sena.

Clique na imagem pra visitar a notícia sobre o livro no blog das Paulinas.

Luz do Mundo (2010, em al. “Licht der Welt, Ein Gespräch mit Papst Benedikt XVI”, em it. “Luce del mondoIl Papa, la Chiesa e i segni dei tempi”, publicado no Brasil pelas Paulinas em 2011 com prefácio de D. Odilo Scherer, arcebispo de São Paulo), tendo sido precedido por O Sal da Terra (1996) e Deus e o Mundo (2000), é o terceiro livro-entrevista realizado pelo jornalista e escritor alemão Peter Seewald com Joseph Ratzinger, agora como Papa Bento XVI. Pode-se ler na edição brasileira, a respeito da hipótese de renúncia papal o seguinte trecho:

Pergunta: Pensou, alguma vez, em pedir demissão?

Resposta: Quando o perigo é grande, não é possível escapar. Eis porque este, certamente, não é o momento de demitir-se. Precisamente em momentos como estes é que se faz necessário resistir e superar as situações difíceis. Este é o meu pensamento. É possível demitir-se em um momento de serenidade, ou quando simplesmente já não se aguenta. Não é possível, porém, fugir justamente no momento do perigo e dizer: “Que outro cuide disso!”

Bento-XVI-e-Peter-Seewald

Clicar aqui para entrevista concedida à ACI Prensa por Peter Seewald sobre o Papa e o livro “Luz do Mundo”, seguida de esboço biográfico do entrevistado.

Resposta: Sim. Quando um Papa chega à clara consciência de já não se encontrar em condições físicas, mentais e espirituais de exercer o encargo que lhe foi confiado, então tem o direito – e, em algumas circunstâncias, também o dever – de pedir demissão.

(Luz do mundo, 2011: p. 48-49)

Papa diante do Cristo

Para mais trechos do livro “Luz do Mundo” clicar aqui.

2013 – no Rio de Janeiro a XXVII Jornada Mundial da Juventude!

Posted in Bento XVI, espiritualidade, João Paulo II, Papado, Santidade with tags , , , , , , , , , , , , on 30/12/2012 by ehlsinore

JMJ 2013 b

JMJ-Rio-2013

Os patronos e a logomarca da JMJ 2013

Para recordar: JMJ 2002 Toronto, a última do Beato João Paulo II, num clipe lindo que evoca tanto uma belíssima canção que veio pra ficar!

jmj-rio2013-peregrino-brasil-jornada

O Comité Organizador Local da JMJ Rio 2013, lançou o Manual do Peregrino. Para fazer o download do Manual e de outros documentos importantes a respeito da JMJ 2013 clique na imagem.

Composta em razão da JMJ 2000 Roma, mesmo sem ser um hino oficial tornou-se o hino achando-se frequentemente associada não só às Jornadas como também ao Beato João Paulo II:

JMJ 2013 patronosJMJ 2013 JPII

Para os hinos oficiais das Jornadas Mundiais da Juventude (JMJ): http://www.jmjbrasil.com.br

JMJ 2013 N Sra Aparecida

JMJ 2013 S SebastiaoPatronos da JMJ Rio2013: intercessores, modelos a serem imitados

Nossa Senhora da Conceição Aparecida, protetora da Igreja e das famílias!

São Sebastião, Soldado e mártir da fé!

Santo Antônio de Santana Galvão, arauto da paz e da caridade!

Santa Teresa de Lisieux, padroeira das missões!

Beato João Paulo II, amigo dos jovens!

São Jorge, combatente do Mal!

Santa Rosa de Lima, fiel à vontade de Deus!

Santa Teresa de Los Andes, contemplativa de Cristo!

Santos André Kim e companheiros, mártires da evangelização!

Beata Chiara Luce Badano, toda entregue a Jesus!

Beato Pier Giogio Frassati, amor ardente aos pobres e a Igreja!

Beata Irmã Dulce, embaixadora da Caridade!

Beato Adílio Daronch, amigo de Cristo!

Beata Laura Vicuña, mártir da pureza!

Beato Isidoro Bakanja, mártir do escapulário!

Beata Albertina Berkenbrock, virtuosa nos valores evangélicos!

Beato Ozanam, servidor dos mais pobres!

Beato José de Anchieta, apóstolo do Brasil!

Um belo vídeo promocional para a JMJ 2011 em Madri, elaborado pelo “Revolução Jesus” da Tv Canção Nova, o qual vale também rever:

https://www.youtube.com/watch?v=DLUoW6sUD7M

São Francisco, cinema e tv: salve o “poverello de Assis”!

Posted in Cinema, Cultura, Santidade, Televisão with tags , , , , , on 04/10/2012 by ehlsinore

“Il poverello”, o pobrezinho de Assis, como era e é conhecido, nascido João Francisco Bernardone, inspirou numerosos registros: são filmes famosos como “Francisco, menestrel de Deus”, de Roberto Rossellini (1950); a encenação televisiva “Francisco de Assis”, de Liliana Cavani (1966); o filme “Irmão sol, irmã lua”, de Franco Zeffirelli (1972), com trilha sonora composta por Riz Ortolani, interpretada por Claudio Baglioni e por Donovan na versão inglesa); o mais recente: “Francesco” de Michele Soavi (2002) e a minissérie de TV (duas versões) “Chiara e Francesco”, direção de Fabrizio Costa (2007). Grande sucesso, em 1981, também teve o musical “Forza, venite gente” [Força, vinde gente], de Michele Paulicelli.

1 de outubro – dia de Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face, Padroeira das Missões

Posted in Pensamentos / Frases / Máximas, Santidade with tags , , on 01/10/2012 by ehlsinore

Mon Chant d’ Aujourd’hui (Nada mais que hoje) – letra (oração) de Santa Teresinha do Menino Jesus

Pensamentos de Santa Teresinha

“… a caridade perfeita consiste em suportar os defeitos dos outros, em não se admirar de suas fraquezas, em edificar-se com os mínimos atos de virtude que se lhes veja praticar.”

“A santidade não está nesta ou naquela prática, ela consiste numa disposição do coração que nos torna humildes e pequenos nas mãos de Deus, conscientes de nossa fraqueza, e confiantes até a audácia na sua bondade de Pai.”

“Como é grande o poder da oração! É como uma rainha que em todo o momento tem acesso direto ao rei e pode conseguir tudo o que lhe pede.”

“Oh! Maria! Se eu fosse Rainha do Céu e Tu fosses Teresa, eu queria ser Teresa a fim de que tu fosses a Rainha do Céu.”

“Depois de minha morte, farei cair uma chuva de rosas”.

“Vou passar meu céu fazendo o bem na terra”,

“Eu não morro, entro na vida”.

Feliz PÁSCOA do Senhor Jesus e de todos nós (Deus Conosco)!

Posted in Dica, Santidade, Senso Religioso, Unidade / Pluralidade with tags , , , , on 08/04/2012 by ehlsinore

Ontem, sábado véspera do 1º Domingo de Advento, como em 27 de novembro de 1830…

Posted in Cristandade, Manifestações Religiosas, Santidade with tags , , , , , , , , , , , , , on 28/11/2010 by ehlsinore

… quando ocorreu a 2ª e mais importante aparição da Virgem Maria à jovem noviça Catarina Labouré (a anterior se deu em 18 de julho do mesmo ano), quando lhe recomenda a confecção de uma medalhinha que o povo logo a alcunhou de “Medalha Milagrosa”. Disse-lhe a Virgem:

Fazei cunhar uma medalha conforme este modelo, disse Nossa senhora. As pessoas que a trouxeram com confiança receberão muitas graças, sobretudo se a trouxeram ao pescoço.

O que então experimentei e aprendi naquele momento é impossível explicar” ( Santa Catarina Labouré)

 

"Este globo que vês representa o mundo inteiro (...) e cada pessoa em particular... Eis o símbolo das graças que derramo sobre as pessoas que mas pedem."

 

Capela das Apariçoes na "Rue du Bac" em Paris, França. À esquerda o corpo de Santa Luísa de Marillac, fundadora das "Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo", à direita o corpo de Santa Catarina Labouré.

Vigília de Oração pela Vida Nascente

O Advento é o momento da expectativa pela Vida Plena que brota no Natal e, no Rio de Janeiro, como diz o titular da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, “É preciso falar de paz“: “É preciso, mais uma vez, fazer nascer nos corações de todos os homens e mulheres de nossa querida cidade o anseio mais profundo de todos os seres humanos: Paz. É preciso que se ouça novamente na terra o grito, o forte clamor aos homens de boa vontade” (artigo completo: www.arquidiocese.org.br).

Assim, se a Vigília celebrada na Basílica de São Pedro e nas demais dioceses pelo mundo, como prelúdio ao Advento, neste sábado que precedeu o 1º domingo do Advento, assume as realidades locais, em nossa arquidiocese essas duas

Dom Orani João Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro.

horas de oração tornam-se de  intercessão pela cidade e pelo estado nesse momento tão difícil e dramático da vida de nosso povo:

“Que Deus ilumine a todos na busca da Paz para o nosso querido povo desta cidade maravilhosa, para que o seja ainda mais. Que o Senhor nos abençoe e nos guarde e faça reinar a paz em nossas fronteiras! Que a benção de Deus penetre em todos os corações, todas as casas, todas as situações e traga a paz! Temos esperança e certeza de que, em unidade, tempos novos nascerão destes momentos e confiamos que o nosso povo, que é forte, saberá continuar testemunhando a sua fé com esperança e vivendo a caridade. Que todos sejam um!”, encerra Dom Orani.

Os dons do Espírito Santo, a Vocação e João Paulo II: Não tenhais medo!

Posted in João Paulo II, Santidade with tags , , , on 11/11/2010 by ehlsinore

 

Primeira aparição pública de Karol Woytila (18/V/1920 - 2/IV/2005) como o Papa João Paulo II: 16/X/1978

“Não tenhais medo! Abri, escancarai as portas a Cristo! Ao Seu poder salvífico abri os confins dos Estados, os sistemas económicos como também os políticos, os vastos campos da cultura, da civilização e do desenvolvimento. Não tenhais medo!”

(Domingo, 22/X/1978)

Clipe produzido pela Comunidade Canção Nova com o hino da JMJ Toronto (“Jornada Mundial da Juventude” em Toronto), no Canadá, em 2002: Light of the World (Lumière du Monde).

Olhai o rosto dos santos

Posted in Bento XVI, Santidade on 02/11/2010 by ehlsinore

Os santos fizeram do OLHAR PARA JESUS

a sua vocação

Objetivo do cristão é a santidade, diz Papa
Na solenidade de Todos os Santos
CIDADE DO VATICANO, terça-feira, 2 de novembro de 2010 (ZENIT.org) – A santidade é o objetivo da vida do cristão, afirma Bento XVI, reconhecendo que a partir dessa perspectiva a morte deixa de provocar medo.

Ao se dirigir nessa segunda-feira aos milhares de fiéis congregados na praça de São Pedro, no dia de Todos os Santos, o pontífice afirmou que esta solenidade “convida-nos a elevar o olhar ao Céu e a meditar sobre a plenitude da vida divina que nos espera”.

A santidade, imprimir Cristo em si mesmo, é o objetivo da vida do cristão”, afirmou falando em italiano da janela de seu apartamento.

O pontífice assegurou que “experimentamos com antecedência o dom da beleza da santidade cada vez que participamos da Liturgia eucarística, em comunhão com a ‘multidão imensa’ dos bem-aventurados, que no Céu aclamam eternamente a salvação de Deus”

Ao mesmo tempo – prosseguiu – na vida dos santos “torna-se óbvio como quem caminha para Deus não se afasta dos homens, antes pelo contrário torna-se-lhes verdadeiramente vizinho”.

A partir desta perspectiva, o Papa convidou a celebrar o dia dos fiéis defuntos visitando se possível o cemitério.

“Os cemitérios nos recordam que a morte cristã forma parte do caminho de assimilação a Deus e que desaparecerá quando Deus for tudo em todos – assegurou –. Se bem que a separação dos afetos terrenos é certamente dolorosa, não

"Vem e segue-me": Sr. Marie-Paul's icon "Follow Me" is Copyright © Monastere Des Benedictines, Jerusalem.

devemos ter medo dela, porque quando está acompanhada da oração de sufrágio da Igreja, não pode quebrar os profundos laços que nos unem em Cristo.”

A eternidade não é uma sucessão contínua de dias do calendário, mas algo parecido com o instante repleto de satisfação, onde a totalidade nos abraça e nós abraçamos a totalidade do ser, da verdade, do amor”, disse.

Milagre de Irmã Dulce é reconhecido por Comissão Científica da Santa Sé

Posted in Bento XVI, João Paulo II, Santidade with tags , on 30/10/2010 by ehlsinore

(Fonte Canção Nova)

Brasil: Irmã Dulce será beatificada

Cardeal Geraldo Agnelo fez o anúncio em Salvador

SALVADOR, quarta-feira, 27 de outubro de 2010 (ZENIT.org) – O arcebispo de Salvador (nordeste do Brasil), cardeal Geraldo Majella Agnelo, anunciou na manhã desta quarta-feira que a Irmã Dulce será beatificada em breve. 

Segundo informa a arquidiocese, o pronunciamento foi feito na sede das Obras Sociais Irmã Dulce, em Salvador. O cardeal informou que até o fim do ano encerra o processo e será conhecida a data da cerimônia de beatificação.

De acordo com o arcebispo, uma comissão científica da Santa Sé aprovou esta semana um milagre atribuído à religiosa, fato decisivo no processo de beatificação.

Segundo Dom Geraldo, a religiosa é exemplo para os cristãos e a sua história de vida é o que justifica a beatificação e o processo de canonização.

“Todo santo é um exemplo de Cristo, como foi o caso dela [Irmã Dulce]; aquela dedicação diuturna durante toda a vida aos pobres e sofredores.”

A causa da beatificação da religiosa brasileira foi iniciada em janeiro do ano 2000 pelo próprio Dom Geraldo Majella. Desde junho de 2001, o processo tramita na Congregação das Causas dos Santos.

Irmã Dulce, natural de Salvador, faleceu em 1992, aos 78 anos. Religiosa da Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, desenvolveu uma vasta obra assistencial em favor dos mais pobres, especialmente no campo da saúde. Em 1988, foi indicada ao Prêmio Nobel da Paz. Em 1991, já no leito de morte, recebeu a visita do Papa João Paulo II, em sua segunda viagem ao Brasil [foto acima].

Jornal da Manhã, 09/06/2010

Jornal Hoje, 09/06/2010

Dia do Médico: São Lucas e o Juramento de Hipócrates

Posted in Cinema, Cristandade, Cultura, Santidade with tags , , , , , , , , , , on 18/10/2010 by ehlsinore

 

 

Medalhão de São Lucas na Igreja de São Francisco de Paula na Barra da Tijuca (Rio de Janeiro, RJ), obra do escultor bahiano Hildebrando Lima.

 

18 de outubro foi escolhido como “Dia dos Médicos” por ser uma data na qual se faz memória do evangelista Lucas, o “amado médico” segundo São Paulo (Col 4, 14).

De tal associação já dava testemunho, entre outros, a Universidade de Pádua na qual o registro mais antigo do início do ano letivo em 18 de outubro, em homenagem a São Lucas, proclamado patrono do “Colégio dos filósofos e dos médicos”, é de 1463 (Portal da  Família).

Diz a tradição que São Lucas, convertido do paganismo ao cristianismo, era médico.

No mundo do Império Romano, onde teve início a grande aventura cristã, ser médico era coisa de grego e tais aspectos culturais estão presentes no Evangelho por ele transmitido, o qual reproduziria a pregação de São Paulo,  o Apóstolo dos Gentios, a quem acompanhou em várias de suas viagens.

Assim, p. ex., dos quatro Evangelhos é em Lucas o grego mais bem escrito e, não tendo participado do grupo dos 12, precisou recorrer a quem testemunhara diretamente os fatos narrados, tendo para isso se servido dos modelos historiográficos consagrados por Heródoto e Tucídides, como já deixa marcado no prólogo  de seu Evangelho. Embora sendo personagem do que vem a seguir, essa mesma preocupação está presente na redação dos Atos dos Apóstolos, os quais teria escrito para dar continuidade aos eventos do Evangelho.

Outro detalhe importante nesses escritos se ligaria justamente ao seu ofício de médico: a atenção aos aspectos da humanidade física de Jesus manifestada, entre outros elementos, na conservação de certos dados só presentes em seu relato, como é o caso do suar sangue de Jesus no momento de sua oração em Getsêmani (Lc 22, 39-46), pouco antes de ser aprisionado e dos eventos da Paixão, revelando a grande tensão na qual se encontrava. O que Lucas descreve é o  fenômeno da hematidrose: a ruptura de pequenos vasos sanguíneos localizados abaixo das glândulas sudoríparas, provocando a saída desse sangue, misturado ao suor, pelos poros do corpo. Rara, a hematidrose, é passível de ocorrer quando se é submetido a forte stress mental.

O aspecto desse tremendo stress, indicado pelo suar sangue,  não poderia passar desapercebido de Mel Gibson, o qual na sua Paixão de Cristo busca precisamente realçar a humanidade do Cristo, como se vê na cena abaixo.

Juramento de Hipócrates

“Eu juro, por Apolo médico, por Esculápio, Hígia e Panacea, e tomo por testemunhas todos os deuses e todas as deusas, cumprir, segundo meu poder e minha razão, a promessa que se segue:

Estimar, tanto quanto a meus pais, aquele que me ensinou esta arte; fazer vida comum e, se necessário for, com ele partilhar meus bens; ter seus filhos por meus próprios irmãos; ensinar-lhes esta arte, se eles tiverem necessidade de aprendê-la, sem remuneração e nem compromisso escrito; fazer participar dos preceitos, das lições e de todo o resto do ensino, meus filhos, os de meu mestre e os discípulos inscritos segundo os regulamentos da profissão, porém, só a estes.

Aplicarei os regimes para o bem do doente segundo o meu poder e entendimento, nunca para causar dano ou mal a alguém.

 

Manuscrito bizantino do século XI no qual se acha escrito o Juramento Hipocrático em forma de cruz (Biblioteca Vaticana).

 

A ninguém darei por comprazer, nem remédio mortal nem um conselho que induza a perda. Do mesmo modo não darei a nenhuma mulher uma substância abortiva.

Conservarei imaculada minha vida e minha arte.

Não praticarei a talha, mesmo sobre um calculoso confirmado; deixarei essa operação aos práticos que disso cuidam.

Em toda casa, aí entrarei para o bem dos doentes, mantendo-me longe de todo o dano voluntário e de toda a sedução,

 

Manuscrito alemão de 1595 do Juramento hipocrático guardado na National Library of Medicine (EUA). O juramento acha-se aqui em dois idomas: grego na coluna da esquerda, latim à direita. Hippocrates. Ta euriskomena ... Opera omnia … Para uma tradução mais próxima do original feita pelo médico Alexandre Feldman clique na imagem.

 

sobretudo dos prazeres do amor, com as mulheres ou com os homens livres ou escravizados.

Àquilo que no exercício ou fora do exercício da profissão e no convívio da sociedade, eu tiver visto ou ouvido, que

não seja preciso divulgar, eu conservarei inteiramente secreto.

Se eu cumprir este juramento com fidelidade, que me seja dado gozar felizmente da vida e da minha profissão,

honrado para sempre entre os homens; se eu dele me afastar ou infringir, o contrário aconteça.”

(Extraído do site do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo, CREMESP, o Juramento de Hipócrates)

 

Os trabalhos de Hipócrates, um grego do século V a.C., e de seus seguidores constituíram um marco na história da medicina ocidental, pois partindo da observação detalhada do paciente, passa-se a buscar um estudo mais objetivo das doenças, vendo-as como uma luta entre a força curativa da natureza e as causas que perturbam o estado fisiológico.

A partir de Hipócrates, ainda, fundamentam-se as bases da ética médica, como se vê no Juramento Hipocrático. No juramento, datado possivelmente do séc. IV a.C., o médico, como vimos acima, comprometia-se a usar a medicina em benefício dos pacientes; manter confidencialidade sobre os fatos ocorridos com seus pacientes; conservar em segredo os conhecimentos médicos, exceto para os seus pares; não manter relações sexuais com os pacientes e não administrar substâncias que poderiam levar à morte ou provocar efeitos abortivos.

O Corpus Hipocraticum, escritos, atribuídos a Hipócrates e seus discípulos, começaram a ser reunidos na Biblioteca de Alexandria, a partir do século III a.C.

A arte é longa, a vida breve, a ocasião fugaz, a experiência vacilante, o juízo difícil. Não basta que o médico faça por sua vez quanto deve fazer, se por outro lado não coincidem ao mesmo objeto, os assistentes e as circunstâncias exteriores restantes.

(Corpus Hipocraticum)

Hino das Laudes

Cantamos, hoje, Lucas, teu martírio, / teu sangue derramado por Jesus,

os dois livros que trazes nos teus braços

e o teu halo de luz.

Levado pelo Espírito, escreveste / tudo o que disse e fez o Bom Pastor,

pois aos sermões de Cristo acrescentaste

os seus gestos de amor.

De Pedro e Paulo registraste os atos, / e do povo fiel a comunhão,

quando unidos em preces pelas casas, / iam partindo o pão.

De Paulo foste o amigo e companheiros,

ouviste de seu peito as pulsações; / faze vibrar no mesmo amor Cristo

os nossos corações.

Médico santo, cura os nossos males, / leva ao aprisco o pobre pecador;

dá que no céu sejamos acolhidos / pelo próprio Senhor.

São Lucas, rogai por nós.

Oração

Ó Deus, que escolhestes São Lucas para revelar em suas palavras e escritos o mistério do vosso amor para com os pobres, concedei aos que já se gloriam do vosso nome perseverar num só coração e numa só alma, e a todos os povos do mundo ver a vossa salvação. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.