Só pra rir… :)

No aeroporto, o pessoal estava na sala de espera aguardando a chamada para embarcar.

Nisso aparece o co-piloto, todo uniformizado, de óculos escuros e de bengala, tateando pelo caminho.

A atendente da companhia o encaminha até o avião e assim que volta, explica que, apesar dele ser cego, é o melhor co-piloto da companhia.

Alguns minutos depois, chega outro funcionário também uniformizado, de óculos escuros, de bengala branca e amparado por duas aeromoças.

A atendente mais uma vez informa que, apesar dele ser cego, é o melhor piloto da empresa e, tanto ele quanto o co-piloto, fazem a melhor dupla da companhia.

Todos os passageiros embarcam no avião, preocupados com os pilotos.

O comandante avisa que o avião vai levantar vôo e começa a correr pela pista, cada vez com mais velocidade. Todos os passageiros se olham, suando, com muito medo da situação. O avião vai aumentando a velocidade e nada de levantar vôo. A pista está quase acabando e nada do avião sair do chão. Todos começam a ficar cada vez mais preocupados. O avião correndo e a pista acabando. O desespero toma conta de todo mundo.

Começa uma gritaria histérica no avião. Nesse exato momento o avião decola, ganhando o céu e subindo suavemente.

O piloto vira para o co-piloto e diz:

– No dia que o pessoal não gritar a gente já era!!!!!!

AVISOS RELIGIOSOS*

São avisos fixados nas portas de igrejas, todos eles reais, escritos com muita Boa vontade e má redação.


– Para todos os que tenham filhos e não sabem, temos na paróquia uma área especial para crianças.

– Na sexta-feira às sete, os meninos do Oratório farão uma representação da obra Hamlet, de Shakespeare, no salão da igreja. Toda a comunidade está convidada para tomar parte nesta tragédia.

– Prezadas senhoras, não esqueçam a próxima venda para beneficência.. É uma boa ocasião para se livrar das coisas inúteis que há na sua casa. Tragam os seus maridos!

– Assunto da catequese de hoje: “Jesus caminha sobre as águas”.
– Assunto da catequese de amanhã: “Em busca de Jesus”.


– O mês de novembro finalizará com uma missa cantada por todos os defuntos da paróquia.


– O torneio de basquete das paróquias vai continuar com o jogo da próxima quarta-feira. Venham nos aplaudir, vamos tentar derrotar o Cristo Rei!


– O preço do curso sobre “Oração e Jejum” não inclui a comida.


– Por favor, coloquem suas esmolas no envelope, junto com os defuntos que desejem que sejam lembrados
.

(*Enviado pela amiga Rosana Maia.)

Em clima natalino (mas serve para todo o ano): Jesus e o Exterminador do Futuro!

TRAVA-LÍNGUAS

(alguns muito conhecidos, outros nem tanto)

Lembre-se: todo trava-língua quando proposto se diz algo como ”fale bem depressa” ou ”repita três vezes” ou ”diga correndo”, pois o importante no trava-língua é repeti-lo de cor , várias vezes seguidas e tão depressa quanto possível. Lido, e devagar, perde a graça e a finalidade. Segue a relação:

* Sabia que a mãe do sabiá sabia que sabiá sabia assobiar?

* O sabiá não sabia que o sábio sabia que o sabiá não sabia assobiar.

* Em um ninho de mafagafos havia sete mafagafinhos; quem amafagafar mais mafagafinhos, bom amagafanhador será.

* O tempo perguntou pro tempo quanto tempo o tempo tem. O tempo respondeu pro tempo que o tempo tem tanto tempo quanto tempo o tempo tem.

* O rato roeu a roupa do rei de Roma e a rainha raivosa rasgou o resto.

* PAULO PEREIRA PINTO PEIXOTO,
POBRE PINTOR PORTUGUÊS,
PINTA PERFEITAMENTE
PORTAS, PAREDES E PIAS,
POR PARCO PREÇO, PATRÃO.

* Três tigres tristes para três pratos de trigo. Três pratos de trigo para três tigres tristes.

* Bão, babalão, senhor capitão, espada na cinta, ginete na mão.  Em terra de mouro morreu seu irmão, cozido e assado no seu caldeirão.

* O peito do pé de Pedro é preto. Quem disser que o peito do pé de Pedro é preto tem o peito do pé mais preto do que o peito do pé de Pedro.

* O doce perguntou pro doce qual é o doce mais doce que o doce de batata-doce. O doce respondeu pro doce que o doce mais doce que o doce de batata-doce é o doce de doce de batata-doce.

* Atrás da pia tem um prato, um pinto e um gato. Pinga a pia, apara o prato, pia o pinto e mia o gato.

* Debaixo da cama tem uma jarra, dentro da jarra tem uma aranha. Tanto a aranha arranha a jarra, como a jarra arranha a aranha.

* Cinco bicas, cinco pipas, cinco bombas. Tira da boca da bica, bota na boca da bomba.

* Tecelão tece o tecido em sete sedas de Sião, tem sido a seda tecida na sorte do tecelão.

* A aranha arranha a rã. A rã arranha a aranha. Nem a aranha arranha a rã. Nem a rã arranha a aranha.

* Olha o sapo dentro do saco, o saco com o sapo dentro, o sapo batendo papo e o papo soltando vento.

* A vaca malhada foi molhada por outra vaca molhada e malhada.

* Não confunda ornitorrinco com otorrinolaringologista, ornitorrinco com ornitologista, ornitologista com otorrinolaringologista, porque ornitorrinco é ornitorrinco, ornitologista é ornitologista e otorrinolaringologista é otorrinolaringologista.

Qual você não conhecia? Tem mais algum?

(Indicação de uma amiga: M. M. A. Sousa)

rs rss...

O que anda pela cabeça de cada um...

rir_waldete_cestari

Rivalidade Argentina

Estavam certa vez, o estadunidense, o argentino e o brasileiro, no Irã, bebendo umas e outras em praça pública, coisa que é proibida nesse país.
Foram presos e levados ao juíz.
O juíz os condenou a 20 chibatadas.
Como era transição entre o ano do galo e o tigre, tinham direito, isso todos os prisioneiros, a um pedido, desde que não fosse escapar da punição.
O juíz falou: “América?!, pois sim, vcs são um povinho de merda, metidos a besta, prepotentes, acham que são os donos do mundo, mas mesmo assim lhe concedo o pedido, pode pedir”.
O estadunidense fala: “Amarrem um travesseiro nas minhas costas”.
Lá pela décima chibatada, o travesseiro rompe e acaba levando ainda 10 cibatadas no couro limpo.
“Argentino. Vcs sim são um povo de merda mesmo, cheios de marra, êta gente chata, como vcs nunca vi, mas vou ter de lhe conceder o pedido”.
“Amarrem 2 travesseiros nas minhas costas”. Diz o argentino. Depois da 15ª chibatada os travesseiros não aguentam a força das chibatadas e leva ainda 5 chibatadas sem qualquer proteção.
Chega a vez do brasileiro…”Brasileiro?”, diz o juíz, vcs são um povo exemplar, povo sofrido, vive na miséria, trabalhador e mesmo assim mantém o bom-humor, ao invés de um pedido, vou quebrar o protocolo e lhe favorecer a dois pedidos. Pode pedir.
O brasileiro então fala: “Não quero levar 20 chibatadas e sim 200”. O juiz se espantou, mas tudo bem, o cara era brasileiro. e pergunta: “Qual é o 2º pedido?”
“Amarrem o argentino nas minhas costas”

kkkk...

argh! humpf

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: